Feeds:
Posts
Comentários

Dando seguimento ao post anterior, em poucas palavras, conto o que eu gosto e o que não gosto no Brasil, ou melhor, em São Paulo, porque o Brasil, assim como o Canadá, é grande demais para aceitar generalizações. Continuar Lendo »

Je reviens à Montréal

Voltei ontem para casa depois de passar um pouco mais de um mês em São Paulo com o Samuel.

Continuar Lendo »

Dieu merci

Hoje é dia de ação de graças no Canadá e também é o aniversário do marido. Só tenho a agradecer a Deus por tudo que ele tem feito nas nossas vidas. Continuar Lendo »

Ça passe vite!

ImagemDepois de quase 24 horas de trabalho de parto, o nosso filhote veio ao mundo na madrugada do dia 7 de abril. Além do longo parto (que terminou em cesárea), passamos um dia a mais no hospital porque o pequenino perdeu peso demais. Resumindo uma longa história (que pode ou não ser objeto de novos posts), foram dias estressantes que felizmente já ficaram para trás. Pais corujas e bebê gordinho passam bem. Continuar Lendo »

ImagemComo contei por aqui quando comecei a trabalhar, nos cursos que fizemos sobre o mundo de trabalho no Québec, sempre se destacou a importância da autonomia do empregado. Em linhas gerais, a idéia é que para se conseguir um trabalho (e mantê-lo) é preciso ser autônomo, ou seja, dar conta das suas tarefas o mais rápido possível. Isso porque os seus colegas e mesmo o seu chefe simplesmente não têm tempo para te ajudar porque eles já trabalham no limite. Assim, para o empregador, pode não valer a pena treinar alguém por muito tempo, até porque não existe nenhuma garantia de que o novato não vá resolver mudar de emprego logo e o investimento de tempo e energia não dê retorno.

Continuar Lendo »

Les manifs

Riot police clash with protesters outside the Delta Hotel on University street and Saint-Jacques street in downtown Montreal. Foto: Dario Ayala/THE GAZETTE

Eu trabalho na praça Square Victoria, ponto conhecido como o centro financeiro da cidade. Inclusive o prédio onde trabalho é chamado La Tour de la Bourse (embora a maior parte das atividades do mercado financeiro tenha sido transferida para Toronto). O prédio é tido como um símbolo do poder econômico e, por causa disso, a maior parte das manifestações é feita por lá. Continuar Lendo »

ImagemComo já comentei por aqui, estou grávida. Ao contrário de outras pessoas com quem conversei, este é o meu primeiro filho e eu não sei quase nada sobre como é ter filho no Brasil hoje e, por isso, não me atrevo a fazer comparações sobre o sistema de saúde ou sobre a qualidade do atendimento.

Porém, em conversas com colegas de trabalho e outros quebequenses, comentários sobre dois assuntos sempre acabam me causando estranheza: parto e amamentação.

Continuar Lendo »

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.